Anarquistas voltam a atacar prédios oficiais

Uma bomba escondida em uma moto parada diante de dois prédios do Judiciário, em Atenas, explodiu na manhã de ontem. Em Buenos Aires, na Argentina, um pequeno artefato foi detonado do lado de fora da embaixada grega. Nos dois casos ninguém se feriu. Em Atenas, janelas e vitrines em um raio de 200 metros da explosão foram estilhaçadas - e pelo menos 10 carros ficaram danificados. Os ataques foram atribuídos a radicais anarquistas.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.