Angelina Jolie quer investir em projetos na Bósnia

O representante muçulmano da presidência Bósnia Haris Silajdzic disse hoje que a atriz Angelina Jolie está interessada em apoiar projetos educacionais para ajudar os jovens bósnios que retornaram ao país após a guerra. Ele afirmou que a atriz pediu ideias de projetos que poderiam receber suporte e ambos concluíram que a "prioridade absoluta é educação". O objetivo é tornar a capital Sarajevo em um centro regional de educação, disse Silajdzic.

AE-AP, Agência Estado

21 de agosto de 2010 | 20h18

Jolie visitou a Bósnia em abril como embaixadora da Organização das Nações Unidas (ONU). Na ocasião, ela chamou a atenção para o fato de que 117 mil pessoas ainda não conseguiram retornar para o país 15 anos depois do fim da guerra. A atriz também pesquisou possíveis locações de filmes. Em comunicado, transmitido pela agência de refugiados da ONU, ela disse que planeja filmagens na Bósnia a partir de setembro, período de outono no Hemisfério Norte. "O filme é uma história de amor" e é sobre um casal que se conhece pouco antes do início da guerra.

Tudo o que sabemos sobre:
BósnioJolieembaixadoraprojetos

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.