Umit Bektas/Reuters
Umit Bektas/Reuters

Angelina Jolie visita refugiados sírios na Turquia

Atriz é embaixadora da ONU para refugiados; ela conheceu o acampamento em Altinozu

estadão.com.br ,

17 de junho de 2011 | 13h34

ALTINOZU, TURQUIA - A atriz Angelina Jolie, embaixadora da boa vontade da Organização das Nações Unidas (ONU), visita nesta sexta-feira, 17, um acampamento na fronteira turca com a Síria, onde se reúne com cerca de 9,6 mil refugiados sírios que fugiram da repressão em seu país.

 

Jolie, que é embaixadora do Alto Comissariado da ONU para Refugiados (Acnur), chegou na província de Hatay em um avião particular e levou várias caixas de jogos para crianças. Segundo a AP, ela levou também "frutas e sobremesas" para os refugiados.

 

Após um descanso no aeroporto, a atriz foi conhecer o acampamento em Altinozu, de acordo com a imprensa turca.

 

Segundo o canal de televisão turco NTV, a atriz esteve durante duas horas e meia com os refugiados. Ela perguntou a eles como se sentiam, em árabe, e conversou com os sírios com a ajuda de um intérprete.

 

Jolie tomou notas, ainda de acordo com o NTV, mostrando interesse particular nas crianças e mulheres.

 

As autoridades turcas colocaram um cartaz na entrada do acampamento com a inscrição em inglês e turco: "Anjo da boa vontade do mundo, seja bem vinda".

Autoridades turcas posicionam banner na entrada de Altinozu com boas vindas à atriz

 

Cerca de 10 mil sírios fugiram do país para a Turquia desde o início da violenta repressão das forças do presidente Bashar al-Assad contra manifestantes.

 

A polícia manteve os fãs de Angelina longe do local e retirou as câmeras para evitar que a visita fosse registrada. As autoridades disseram que os assessores da atriz divulgariam fotos de seu encontro com os refugiados.

 

Com AP e Reuters

 

Atualizada às 15h39

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.