Ânimo melhora em Bagdá com fala de Saddam

O ânimo dos habitantes de Bagdá melhorou esta manhã. Os iraquianos que moram na maior cidade do país, com cerca de cinco milhões de pessoas, ficaram animados ao ver imagens de soldados norte-americanos capturados e mortos. O moral se elevou ainda mais após ver o presidente Saddam Hussein, que prometeu uma vitória rápida.?Os bombardeios e os mísseis formam parte da nossa vida cotidiana?, disse Fateh Ibrahim, um vendedor ambulante da avenida Rashid, em Bagdá.A fumaça densa e negra que contamina o ar ?é o preço da guerra que devemos pagar?, disse uma mulher em uma farmácia comprando máscaras anti-poluição para pessoas com problemas respiratórios.A fumaça vem de barris de petróleo incendiados pelo governo local para dificultar a visibilidade dos aviões dos EUA e da Grã-Bretanha que bombardearam a cidade.Milhares de pessoas procuravam visitar casas de parentes para saber o que ocorreu depois de uma nova noite de fortes bombardeios anglo-americanos.Nesta segunda-feira a televisão iraquiana voltou a mostrar imagens de soldados americanos mortos juntamente com os jornais que estamparam fotos de prisioneiros em suas primeiras páginas.Esta manhã, quando se informou que Saddam iria fazer um pronunciamento, a população esperou na frente dos televisores para escutar o presidente falar.?Vê-lo bem significa que o Iraque está bem?, comentou um taxista, parado em uma rua de Bagdá a espera de clientes.Veja o especial :

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.