Anistia Internacional critica a polícia da Grécia

A Anistia Internacional informou que encontrou indícios de impunidade e abuso por parte da polícia da Grécia, que, segundo o grupo, responde inadequadamente a crimes de ódio e ataques da extrema-direita contra imigrantes e manifestantes.

AE, Agência Estado

03 de abril de 2014 | 16h53

Em um relatório divulgado nesta quinta-feira, a Anistia apelou para o governo que erradicasse "uma série de falhas que estão minando a confiança do público na polícia e gerando uma série de violações de direitos humanos".

A Anistia Internacional informou ainda que documentou alegações de tortura e maus-tratos durante prisões, inclusive de imigrantes capturados ao tentar entrar no país ilegalmente. O grupo relatou que as vítimas dos abusos disseram que haviam policiais entre os agressores.

A polícia disse que vai investigar todas as denúncias e negou que estivesse tolerando abusos. Fonte: Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
GréciaAnistia Internacional

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.