Anistia pede cumprimento de leis de guerra em Kandahar

A Anistia Internacional pediu nesta quinta-feira que a rendição de Kandahar ocorra conforme as leis de guerra para evitar que se repita o massacre de Mazar-i-Sharif, onde centenas de prisioneiros favoráveis ao Taleban "morreram em circunstâncias poucos claras"."Devem ser aplicados desta vez métodos apropriados para o tratamento de prisioneiros que se renderem e dar a eles garantias", sugeriu a Anistia Internacional por meio de comunicado.A organização pediu que o Comitê Internacional da Cruz Vermelha possa desenvolver seu trabalho, para garantir uma proteção apropriada à comunidade.Leia o especial

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.