Annan declara-se 'horrorizado' com massacre na Síria

O enviado especial Kofi Annan disse nesta segunda-feira que está horrorizado com o terrível massacre ocorrido no final de semana, que deixou mais de 100 mortos na Síria, e pediu a "cada indivíduo que tiver um revólver" que baixe suas armas e interrompa os assassinatos.

AE, Agência Estado

28 Maio 2012 | 09h26

Annan chegou a Damasco nesta segunda-feira para conversações com o presidente Bashar Assad e outras autoridades do governo sírio. "Eu tive de vir à Síria num momento crítico da crise", disse ele ao desembarcar em Damasco. "Eu estou pessoalmente chocado e horrorizado pelo trágico incidente em Houla."

"Ele pediu aos envolvidos no conflito que encerrem o derramamento de sangue. "Esta mensagem de paz é...para todos, para cada indivíduo com uma arma", disse ele.

Os assassinatos em massa na sexta-feira em Houla, uma série de vilas da província central de Homs, atraíram fortes críticas contra o regime sírio, embora haja divergências entre as principais potências sobre se as forças sírias foram as únicas responsáveis pelos ataques.

A Rússia, forte aliada da Síria, disse que tanto forças do regime quanto rebeldes foram responsáveis. "Obviamente, os dois lados tiveram participação na morte de inocentes, dentre eles várias mulheres e crianças", afirmou o ministro de Relações Exteriores russo Sergey Lavrov, nesta segunda-feira. "Esta área é controlada pelos rebeldes, mas também é cercada por tropas do governo".

Lavrov falou após a visita do secretário de Relações Exteriores britânico William Hague a Moscou. A Síria nega as acusações de que suas forças sejam responsáveis pelas mortes, mas após uma sessão de emergência no domingo, o Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou as forças do governo por bombardear áreas residenciais. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Síria massacre Anan

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.