Annan discorda dos EUA e diz que Iraque não violou resolução

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, discordou hoje dos Estados Unidos que acusaram o Iraque de violar a recente resolução do Conselho de Segurança da ONU ao abrir fogo de artilharia contra caças-bombardeiros americanos e britânicos que sobrevoaram seu território."Não me parece que houve desrespeito à resolução e não creio que o Conselho classifique isso como violação", disse Annan, que visita Kosovo, abrindo, no mínimo, uma polêmica."Parece ser uma transgressão", insistiu o porta-voz da Casa Branca, Scott McClellan, lembrando que os aviões foram atacados na área de exclusão.Caças-bombardeiros americanos e ingleses realizam missões periódicas na região, atacando alvos militares, principalmente radares e artilharia antiaérea.O presidente americano, George Bush, tem repetido que não vai tolerar nenhuma infração iraquiana. O Iraque classifica os vôos sobre as zonas de exclusão no norte e no sul do país como uma violação de sua soberania.O Conselho de Segurança da ONU, de 15 membros, nunca aprovou explicitamente as patrulhas anglo-americanas no norte e sul do Iraque.Hoje, o chanceler iraquiano, Naji Sabri, recebeu o chefe dos inspetores da ONU, Hans Blix, e diretor da Agência Internacional de Energia Atômica, Mohamed ElBaradei, que integra a missão internacional. O ministro iraquiano reiterou a disposição do presidente Saddam Hussein de cumprir integralmente todas as exigências do Conselho de Segurança, facilitando a tarefa dos inspetores que vão investigar a partir do dia 27 a eventual fabricação ou armazenamento de armas de destruição de massa pelos iraquianos."Com exceção da primeira inspeção (no dia 27), todas as demais serão feitas de surpresa", disse Blix que já marcou encontro com os comandantes militares iraquianos.ElBaradei disse que o Iraque se comprometeu a cumprir uma exigência-chave da nova resolução e apresentar até 8 de dezembro todas informações relativas ao estágio de seus programas de armas de destruição em massa."O Iraque está comprometido em declarar tudo que possui em relação às armas de destruição em massa, se ele ainda tem alguma... e irá também declarar suas atividades nos campos químico, biológico e nuclear, mesmo aquelas de uso civil", disse ElBaradei.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.