Annan diz que Assad discute transição na Síria

O enviado da Organização das Nações Unidas (ONU) e da Liga Árabe para a Síria, Kofi Annan disse que o presidente da Síria, Bashar Assad, discute a possibilidade de formar um governo de transição no país.

AE, Agência Estado

11 de julho de 2012 | 16h37

Uma conferência internacional realizada em Genebra no mês passado propôs a criação de um governo transitório. Annan disse que durante suas discussões com Assad em Damasco nesta semana, o líder sírio "sugeriu o nome" de uma pessoa que poderia ser um interlocutor do regime, enquanto o governo busca maneiras de formar um governo de transição com a oposição.

Annan disse aos jornalistas em Genebra que no momento considera o nome ofertado por Assad, embora não tenha identificado a pessoa. As declarações do enviado internacional foram feitas após uma videoconferência com o Conselho de Segurança da ONU, em Nova York. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
SíriaAnnanAssadtransição

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.