Annan recebe compromisso do Líbano para aplicar a resolução de paz

O secretário-geral da ONU, Kofi Annan, assegurou nesta segunda-feira que recebeu o compromisso do governo libanês e israelense para a aplicação da resolução 1.701 do Conselho de Segurança.O documento põe fim ao conflito entre Israel e o Hezbollah, que durou 34 dias. Durante uma rápida declaração, depois de se reunir com o presidente do Parlamento libanês, Nabih Berri, e com o primeiro-ministro, Fuad Siniora, Annan acrescentou que tinha informado às autoridades libanesas sobre o envio de 6 mil soldados da ONU ao sul do país."Queremos uma paz total e permanente", disse o secretário. Ele também mostrou sua esperança de que possa estabelecer a paz com a ajuda de todas as partes implicadas.Por sua parte, Berri agradeceu a Annan pelo esforço de paz no Líbano e na região. Afirmou que as negociações foram proveitosas e que ficaram centradas no "contínuo bloqueio (imposto por Israel ao Líbano), assim como nas violações da resolução 1.701, sobre o aeroporto de Beirute e os serviços públicos".Disse também que o Líbano "está fazendo de tudo para respeitá-la" e comentou que estão melhorando as relações entre o Líbano e a Síria.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.