Ano chinês da Cabra prevê chegada "à beira do abismo"

O Ano Novo chinês que acaba de começar sob o signo da Cabra não prevê nada de bom em matéria de relações internacionais e desenvolvimento econômico.O horóscopo chinês afirma, sem meio termo, que, "em política e economia, este ano chegará à beira do abismo", mas que, apesar de uma certa falta de preparo e seriedade daqueles que controlam o mundo, "se conseguirá manter um certo equilíbrio".Os enigmáticos prognósticos para o novo ano lunar cujo início acaba de ser festejado em grande parte do Extremo Oriente estão em um livro editado em Hong Kong em 1970, e, por isso, estão distantes de qualquer influência da atualidade geopolítica dos nossos dias.Entre os 12 animais do horóscopo chinês, baseado em antigo calendário agrícola, a cabra representa a graça e a exuberância, mas, apesar de seus modos graciosos, tem o defeito de ser caprichosa, titubeante e pessimista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.