ISAAC LAWRENCE/AFP
ISAAC LAWRENCE/AFP

Ano do Galo favorecerá governo Trump, preveem oráculos chineses

Caráter brusco e imprevisível da ave, que integra o horóscopo chinês, fará com que presidente americano se sinta em casa

O Estado de S.Paulo

25 Janeiro 2017 | 05h00

HONG KONG - A agressividade e a volatilidade marcarão 2017, preveem especialistas em geomancia de Hong Kong, que estimam que o presidente americano, Donald Trump, se sentirá em casa durante o combativo Ano do Galo do calendário lunar chinês.

O caráter brusco e imprevisível da ave, combinado com o elemento "fogo" que marca o ano, pressagia tempos agitados, particularmente no mundo ocidental, explicam os mestres do feng shui, quando falta pouco para que a China comemore, no sábado, a entrada no novo-ano.

"O galo gosta de lutar, ele ama ter discussões verbais e é combativo", declara à AFP a adivinha de Hong Kong Thierry Chow.

A posse de Donald Trump, na sexta-feira, provocou amplas manifestações nos Estados Unidos e mesmo antes de entrar na Casa Branca o novo presidente já provocava a ira da China, causando temores de uma guerra comercial entre as duas maiores potências econômicas do mundo.

Segundo Chow, Trump continuará exasperando as pessoas durante o primeiro ano de sua presidência. "Haverá muitas greves e até mesmo tumultos", prevê.

Embora nascido no Ano do Cão, Trump pode se dar ao luxo de ser arrogante em razão de seu rebanho de seguidores fiéis e ao elemento terra do seu "bazi" pessoal, que é compatível com o elemento fogo que caracteriza 2017.

Na astrologia chinesa, o "bazi" determina as características e, assim, o destino de uma pessoa, em função da data e da hora exata de seu nascimento.

Prosperidade.  A arte do feng shui - que significa vento e água - tem grande influência em vários países asiáticos. Os habitantes seguem seus princípios para arrumar sua casa ou escritório e para tomar decisões, esperando assim melhorar seu bem-estar, sorte e fortuna.

De acordo com a filosofia do feng shui, todos os eventos são ditados pelo equilíbrio sutil e variável entre os cinco elementos que compõem o universo: metal, madeira, água, fogo e terra.

"Neste Ano do Galo, todos os elementos, pessoas, coisas e ambiente ajudarão Trump pessoalmente como presidente", acrescenta Chow.

O mestre-celebridade do feng shui Alion Yeo considera que a economia americana se beneficiará do Ano do Galo em razão de seu elemento "metal", que também representa o dinheiro e as ações.

"O 'bazi' de Trump mostra que ele será próspero, e a Bolsa americana terá bons resultados em 2017", diz Yeo.

Mas a boa sorte do novo presidente será apenas temporária, já que os elementos se voltarão contra ele nos próximos anos, alerta Yeo: "2017 será um bom ano para ele, mas este não será o caso de 2018 (o Ano do Cão)".

Para fazer suas previsões, alguns antigos mestres de feng shui balançavam três moedas no casco de uma tartaruga. Dependendo de como as peças caíssem, eles davam seus conselhos sobre a data ideal para um casamento ou sobre a estratégia a se seguir durante uma batalha importante.

Alion Yeo continua usando moedas, mas trocou o casco por um recipiente de metal. Para prever o futuro, o coração do adivinho deve estar "muito tranquilo", explica. "O poder de se comunicar com o céu é um dom".

Yeo diz que o mundo será como um "boi doente" em 2017, com uma perspectiva ainda menos favorável do que a do tumultuado 2016. "Ele mal consegue se levantar para comer a grama em volta dele", disse, acrescentando que a Europa será particularmente afetada.

O elemento "metal" do galo representa os países ocidentais, especialmente a Europa, que será submetida à pressão do "fogo", acrescenta Alion Yeo.

O Brexit e a crise dos refugiados continuarão semeando o caos no Velho Continente, estima Chow, que usa o sistema da "estrela voadora", com base na posição das constelações, para fazer suas previsões.

"Eu não diria que as coisas estão se acalmando", afirma. "Será um ano de discussões muito acaloradas." / AFP

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.