Ano-novo é comemorado com show de fogos em vários países

Com um grandioso e espetacular show de fogos de artifícios que explodiram sobre a ponte de Harbor e sob forte esquema de segurança, a cidade de Sydney, na Austrália, comemorou a chegada do ano-novo. O espetáculo que durou aproximadamente 15 minutos, atraiu cerca de 700 mil pessoas. Na Nova Zelândia, em um dos primeiros países a comemorar a chegada do ano-novo, tudo ocorreu tranqüilamente. A Sky Tower, em Auckland, tornou-se palco de uma festa de iluminação e efeitos maravilhosos com a explosão de fogos de artifícios, na batida da meia-noite, enquanto a multidão comemorava nas ruas a chegada de 2003. Em Tóquio, no Japão, como acontece a cada ano, milhões de pessoas celebraram a chegada do ano-novo em ambientes espirituais, como templos budistas e santuários xintoístas. Para as comemorações e celebrações, foram realizados durante o dia, uma limpeza exaustiva como ritual de purificação, para as pessoas entrarem "limpas" no ano que se inicia. Nas Filipinas, pelo menos 6 pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas quando um homem lançou uma granada contra vendedores de fogos de artifício na localidade de Tacurong, na Ilha de Mindanao, sul das Filipinas. As forças de segurança foram postas em alerta diante de possíveis ataques de rebeldes islâmicos e esquerdistas, que rejeitaram declarar trégua por ocasião das festas de fim de ano.

Agencia Estado,

31 Dezembro 2002 | 18h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.