Ano Novo no Sri Lanka mata seis pessoas

Pelo menos seis pessoas morreram e mais de 800 ficaram feridas em tumultos ou acidentes, a maioria depois de consumir bebidas alcoólicas, durante o tradicional Ano Novo de dois dias no Sri Lanka. A maioria das vítimas foi levada para o Hospital Nacional na capital Colombo, onde 530 pessoas foram atendidas desde a manhã de sexta-feira. A maior parte das vítimas sofreu acidentes de carro. O tradicional Ano Novo foi celebrado entre sexta-feira e sábado pela comunidade de Sinhala, que segue o budismo, e pelos tamiles, de religião hindu.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.