ANP decreta 3 dias de luta contra Israel após ataque

O presidente da Autoridade Palestina, Mahmud Abbas, decretou nesta segunda-feira três dias de luta nos territórios palestinos contra Israel em virtude do ataque do Exército israelense contra seis embarcações - dentre elas, uma de bandeira turca, outra de bandeira grega - que levavam 750 pessoas e cerca de 10 mil toneladas em ajuda humanitária à Faixa de Gaza nesta segunda-feira, matando entre 14 e 16 pessoas e ferindo outras 30.

ANCARA, 31 (AE - AP), Agência Estado

31 Maio 2010 | 04h58

Abbas pediu uma reunião, em caráter de urgência, com o Conselho de Segurança da ONU e a Liga Árabe. A União Europeia, por sua vez, pediu uma investigação completa sobre o ataque às embarcações. Ainda nesta segunda-feira, o primeiro-ministro da Turquia, Recep Tayyip Erdogan, cancelou sua visita à América Latina para retornar com urgência a seu país. (Plantão AE)

Mais conteúdo sobre:
ANP luta Israel

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.