ANP pede fim de ataques em passagens na fronteira com Israel

O Ministério do Interior palestino pediu nesta quarta-feira às milícias que operam nos territórios palestinos que não façam mais ataques contra as passagens fronteiriças a "fim de não dar motivo a Israel para fechar os cruzamentos entre a Faixa de Gaza e o território israelense". O Ministério, liderado pelo dirigente local do Hamas, Said Siam, acrescenta em comunicado que "manter os cruzamentos abertos, sob as atuais circunstâncias do bloqueio imposto sobre nosso povo, é de máximo interesse nacional". Forças de segurança palestinas informaram que, horas antes, pelo menos três agentes de segurança palestinos ficaram feridos, um deles em estado grave, em um tiroteio com militantes na passagem comercial de Karni, a leste da Cidade de Gaza. As fontes acrescentaram que os militantes tentaram entrar no território israelense através dessa passagem com um veículo carregado com explosivos, ação que foi impedida pelas forças de segurança da Autoridade Nacional Palestina (ANP). O chefe das passagens palestinas, Salim Abu Safia, declarou à imprensa em Gaza que um grupo de milicianos cuja afiliação ainda não foi confirmada tentou atravessar a passagem com dois veículos, e um deles, aparentemente, estava cheio de explosivos. Os milicianos abriram fogo contra as forças de segurança mobilizadas no cruzamento depois que elas os impediram de passar, ferindo os três agentes, antes de fugir do local, acrescentaram as fontes de segurança. Alguns meios em Gaza indicaram que os militantes que tentaram cometer o ataque desta quarta-feira em Karni poderiam ser membros das "Brigadas dos Mártires de Al-Aqsa", vinculadas ao Fatah, ou dos Comitês Populares da Resistência. Israel fechou a passagem de mercadorias de Karni, a leste da Faixa de Gaza, após o ataque frustrado. A Autoridade de Alfândegas e Fronteiras de Israel informou que deu instruções às forças de segurança israelenses para que abandonem a passagem, medida que também foi adotada pelas autoridades palestinas, segundo a rádio púlica israelense. A passagem de Karni é o principal acesso de produtos e alimentos de primeira necessidade e de ajuda humanitária à população palestina de Gaza.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.