Foto: REUTERS/Paola Chiomante
Foto: REUTERS/Paola Chiomante

Antes de atingir o México, Grace se torna furacão de categoria 3 

No início da semana, o furacão encharcou a Jamaica e o Haiti com chuvas torrenciais. "Pedimos à população que fique muito alerta", disse Laura Velazquez, chefe da Defesa Civil do México

Redação, O Estado de S.Paulo

21 de agosto de 2021 | 02h03

O furacão Grace se tornou de categoria 3, na madrugada deste sábado, 20, pouco antes de tocar a terra pela segunda vez no México. As informações são do Centro Nacional de Furacões dos Estados Unidos (NHC, na sigla em inglês).

No início da noite, o furacão estava a 150 km do Golfo do México e rumava para o estado produtor de petróleo de Veracruz e o centro do México com fortes ventos sustentados de 195 km/h e chuvas intensas.

Veracruz e suas águas abrigam várias instalações de petróleo, incluindo a refinaria Lazaro Cardenas da Petroleos Mexicanos em Minatitlan, no sul do estado. As últimas previsões mostraram que Grace deveria atingir Veracruz bem ao norte de Minatitlan.

Até o domingo, 22, as fortes chuvas podem causar inundações em áreas urbanas. "Pedimos à população que fique muito alerta", disse Laura Velazquez, chefe da Defesa Civil do México.

Grace atingiu a costa caribenha do México na última quinta-feira,19, derrubando árvores e causando quedas de energia para quase 700 mil pessoas. Ninguém morreu. No início da semana, o furacão encharcou a Jamaica e o Haiti com chuvas torrenciais. / Com informações da AFP.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.