Antichavistas cancelam protesto contra o governo

Opositores temem 'atos violentos' de partidários do presidente e convocam nova manifestação, mas em um ginásio coberto

CARACAS, O Estado de S.Paulo

19 de janeiro de 2013 | 02h08

A Mesa da Unidade Democrática (MUD), coalizão que reúne a oposição ao presidente Hugo Chávez na Venezuela, decidiu ontem cancelar uma manifestação nas ruas de Caracas contra o líder marcada para quarta-feira, data em que o país celebrará os 55 anos do fim de sua última ditadura militar. O movimento acusou o governo, que organiza diversas marchas para o mesmo dia, de buscar "promover atos violentos" contra os opositores na data comemorativa.

Na quinta-feira, o vice-presidente Nicolás Maduro confirmou que os chavistas farão suas manifestações, marchando na direção da Urbanização 23 de Janeiro, no oeste de Caracas, e disse que a oposição teria "todas as garantias" para se manifestar. Quando a MUD anunciou a intenção de convocar seu protesto, Maduro havia afirmado que "grupos de ultradireita" pretendiam "incendiar o país".

A coalizão opositora declarou ontem em um comunicado que a "clara intenção de tomar as ruas" por parte do governo tem o "propósito de promover atos violentos para culpar quem integra" o grupo antichavista por eventuais choques entre manifestantes pró e contra o presidente, que se recupera em Cuba de uma cirurgia contra o câncer à qual foi submetido na ilha.

No dia 10, quando Chávez completava um mês em Havana, os deputados opositores tinham convocado uma grande manifestação em Caracas, para expressar sua rejeição à decisão do Tribunal Supremo de Justiça que garantiu ao presidente o direito de tomar posse de seu quarto mandato quando sua saúde permitir, em uma data não definida.

Ontem, a MUD convocou para o dia 23 um ato político que deverá ocorrer em um ginásio coberto no Parque Miranda, no leste de Caracas. / AFP e EFE

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.