Anúncio de resultado da eleição é adiado

Enquanto fiscais da apuração de votos das eleições legislativas egípcias afirmam que a maioria dos assentos do novo Parlamento deverá ser ocupada por partidos islâmicos, a comissão eleitoral do Egito adiou ontem o anúncio dos resultados oficiais da primeira rodada da votação. Estima-se que o Partido Justiça e Liberdade, braço político da Irmandade Muçulmana, conquiste até 45% das cadeiras. A legenda islâmica fundamentalista Nour disputa o segundo lugar com a coalizão de partidos considerados liberais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.