AFP PHOTO / LOUISA GOULIAMAKI
AFP PHOTO / LOUISA GOULIAMAKI

Ao menos 40 pessoas desaparecem em naufrágio na costa da Líbia

Muitas pessoas se afogaram e ainda não é possível dizer quantos morreram e quantos sobreviveram, segundo a ONU

Redação, O Estado de S.Paulo

27 de agosto de 2019 | 11h49

Ao menos 40 pessoas estão desaparecidas depois de um naufrágio de uma embarcação que levava refugiados africanos da costa da Líbia para a Europa nesta terça-feira, 27.

Segundo o Alto Comissariado das Nações Unidas para Refugiados (Acnur), o barco naufragado levava mais de 100 pessoas e pelo menos 60 foram resgatadas.

“Muitas pessoas se afogaram e ainda não é possível dizer quantos morreram e quantos sobreviveram”, disse a ONG Alarm Phone, que trabalha com o resgate de refugiados que tenta atravessar o Mediterrâneo. 

A Acnur, por sua vez, disse ter resgatado 60 imigrantes no mar. “40 pessoas ainda estão desaparecidas”, disse a Acnur. “Serviços de resgate líbios e pescadores trabalham no resgate desde o início da manhã.”

A embarcação partiu de Al-Khums na Líbia. Após três horas de viagem, começou a afundar, ainda perto da costa da Líbia. As autoridades locais foram contactadas, mas não chegaram a tempo./ EFE

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.