AP Photo/Prabhjot Gill
AP Photo/Prabhjot Gill

Ao menos 50 pessoas morrem depois de trem atropelar multidão na Índia

Vítimas assistiam à queima de uma efígie durante festival religioso; moradores condenaram autoridades ferroviárias por não tomarem precauções para a realização do evento

O Estado de S.Paulo

19 de outubro de 2018 | 15h02

NOVA DÉLHI - Um trem de alta velocidade atropelou uma multidão que assistia a uma queima de fogos de artifício durante um festival religioso na Índia nesta sexta-feira, 19, matando ao menos 50 pessoas, informou o legislador Pratap Singh Bajwa. Segundo o congressista, as vítimas lotavam a ferrovia nos arredores de Amritsar, uma cidade no Estado de Punjab. Ele relatou que as pessoas não viram o trem, e o veículo não conseguir parar mesmo após o acidente.

Centenas de pessoas observavam a queima de uma efígie do demônio Ravana, durante o festival hindu de Dussehra quando o trem as atropelou, disse Bajwa. Após o acidente, um grande número de moradores correu para o local, condenando as autoridades ferroviárias por não tomarem precauções, em vista da realização do festival.

Embora acidentes sejam relativamente comuns na extensa rede ferroviária da Índia, o desastre desta sexta-feira é um dos mais letais dos últimos anos. Em 2016, 146 pessoas foram mortas quando um trem descarrilou na região leste do país. / AP

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.