Ao menos 73 insurgentes são mortos no Afeganistão

Comando disse que matou o dirigente taleban Sharif Agha, supostamente envolvido em atentados com bomba

Efe,

23 de outubro de 2008 | 04h44

Pelo menos 73 supostos insurgentes morreram em três operações das tropas conjuntas afegãs e americanas no centro do Afeganistão, informou nesta quinta-feira, 23, à Agência Efe um porta-voz do comando dos Estados Unidos no país. Os combates mais fortes aconteceram na terça-feira, no distrito de Deh Rawood, na região de Uruzgan, onde nos últimos dias os talebans intensificaram suas atividades. O combate mais intenso ocorreu à noite, quando uma patrulha conjunta da Coalizão e do Exército afegão sofreu um ataque de um "grande número de insurgentes". As tropas responderam ao ataque matando 55 supostos insurgentes, segundo o porta-voz, sem sofrer baixas entre suas fileiras. Além disso, o comando disse que matou o dirigente taleban Sharif Agha, supostamente envolvido em atentados com bomba, e outros 14 supostos insurgentes também na terça-feira, na mesma região. Em um terceiro combate, outros três supostos insurgentes foram mortos e dois soldados ficaram feridos no distrito de Khas Uruzgan, no transcurso de um combate contra as tropas conjuntas registrado nesta quarta-feira. A Coalizão liderada pelos Estados Unidos em paralelo à Força Internacional de Assistência à Segurança (Isaf), sob mandato da Otan. Mais de 4.300 pessoas morreram este ano vítimas da violência no Afeganistão.

Tudo o que sabemos sobre:
Afeganistãomortesinsurgentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.