Ao menos sete palestinos morrem em ataque israelense

Pelo menos sete palestinos morreram e cercade 14 ficaram feridos no norte da Faixa de Gaza em um ataque desoldados israelenses, informaram testemunhas e fontes médicaspalestinas. As fontes informaram que soldados do Exército israelensedispararam contra uma loja da família Ash-Shanbari na qual discutiamaldeões de uma zona agrícola nas proximidades da cidade de BeitHanun. Até o momento, foram identificados três corpos. Fontes palestinascitadas pela edição eletrônica do jornal Yedioth Ahronoth disseramque os mortos são um dirigente das Brigadas da Salah Ad-Din, braçoarmado dos Comitês de Resistência Popular, e de dois de seus irmãos. Os feridos foram transferidos aos hospitais Kamal Aduan e AlAuda, no norte da faixa territorial palestina. Fontes militares israelenses informaram que o Exércitoidentificou cerca de dez palestinos armados que se aproximavam dastropas israelenses na região, o que gerou o ataque. Por outro lado, palestinos afirmaram que os soldados poderiam terconfundido um enfrentamento entre as duas famílias palestinas com umataque contra suas tropas. Os soldados israelenses no norte da Faixa de Gaza tentam diminuiro disparo de foguetes Qassam contra Israel, que acontecediariamente. Enquanto isso, carros de combate do Exército israelense entraramna aldeia de Farahin, ao leste da localidade de Khan Yunes, no sulda faixa, e com a ajuda de escavadeiras começaram a arrasar terrenosde plantio. O Exército israelense realiza freqüentes incursões em Gaza após oseqüestro do soldado israelense Gilad Shalit, em 25 de junho.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.