Apagão obriga médico a operar com luz de celular

Cirurgiões de um hospital em Villa Mercedes, a 726 quilômetros de Buenos Aires, realizaram um parto e uma cirurgia de retirada de apêndice utilizando apenas a luz de telefones celulares, em meio a um blecaute que durou duas horas. O dono do hospital criticou a fornecedora de energia pelos constantes cortes de luz, que atingem várias regiões o país.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.