Apelação em favor de consultor de FMI

O juiz Canicoba Corral apreciará hoje a apelação apresentada pelos advogados do funcionário do Fundo Monetário Internacional, Jorge Baca Campodónico, ex-ministro de Alberto Fujimori, acusado no Peru de atos de corrupção, pelos quais tem ordem de prisão internacional e pedido de extradição. A defesa de Campodónico alegou que ao contrário da sentença do juiz, ele tem imunidade diplomática que o impede de ser preso e extraditado. O juiz deverá enviar a apelação à Câmara Federal que deverá decidir se o pedido procede, enquanto corre o processo de extradição, já que a Justiça já recebeu do governo peruano os principais documentos para o expediente.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.