Apelo de Lula por americanos é rejeitado

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva carregou de Teerã uma frustração em seu esforço diplomático de evitar o isolamento do Irã. Seu pedido de libertação de três alpinistas americanos presos há mais de nove meses no Irã, sob a acusação de serem espiões, foi negado. A Casa Branca havia pedido a Lula que intercedesse pela libertação dos alpinistas. Shane Michael Bauer, Joshua Felix Fattal e Sarah Emily Shourd cruzaram a fronteira do Curdistão iraquiano com o Irã durante uma excursão em 31 de julho. As libertações seriam recebidas por Washington como um gesto adicional de boa vontade de Teerã. As mães dos alpinistas chegam hoje ao Irã. /

Denise Chrispim Marin, O Estado de S.Paulo

18 Maio 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.