Apoiado por Chávez, governo expropria aeroporto em Caracas

Em aliança com o presidente venezuelano, Hugo Chávez, o governador de Caracas, Diosdado Cabello, ordenou nesta quinta-feira a expropriação de um aeroporto privado em Caracas, disse o ex-gerente Henry Vasquez.O movimento de expropriação do aeroporto, que era inicialmente utilizado para aviões de pequeno porte, coincide com a onda de nacionalização de Chávez de "setores estratégicos" para implementação do sistema socialista no país. O principal aeroporto de Caracas, o Simon Bolivar International Airport, na costa de Maiquetia, já foi estatizado.Cerca de 500 acionistas do aeroporto se surpreenderam com o anúncio de Cabello, feito pelo rádio nesta quinta-feira.Cabello disse que a expropriação do aeroporto foi feita por "razões de utilidade pública" e para ajudar a diminuir o trânsito no aeroporto internacional em MaiquetiaVasquez disse não entender por que o aeroporto foi expropriado já que funcionários do governo e soldados já possuem o controle das operações.Chávez também anunciou nas últimas semanas a nacionalização da companhia de telecomunicações C.A. Nacional Telefonos de Venezuela, além de empresas elétricas e o setor nacional de gás.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.