Após 14 anos foragido, chefão mafioso é preso

ITÁLIA

, O Estado de S.Paulo

18 de novembro de 2010 | 00h00

A polícia da Itália prendeu ontem um chefão da máfia que estava foragido havia 14 anos e era um dos homens mais procurados do país, disseram fontes do Judiciário de Roma. Antonio Iovine, um dos cabeças da Camorra (a versão napolitana da Máfia da Sicília), estava sendo transferido ontem para um lugar seguro, segundo policiais. Iovine é considerado o líder do clã Casalesi, da Camorra, e seu nome consta na lista dos 30 criminosos mais procurados da Itália. A captura de Iovine é a última de uma série de prisões de líderes mafiosos realizada pelas autoridades italianas nos últimos meses.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.