Após 15 anos de conversas, ônibus vai ligar Irã e Paquistão

O Paquistão e o Irã acertaram, após 15 anos de negociações, a abertura de um serviço de ônibus para unir os dois países na fronteira sul, entre a cidade paquistanesa de Quetta e a iraniana de Mashhad, informou uma fonte oficial.As conversas formais para a abertura do serviço começaram em 1992. O ônibus vai percorrer uma estrada de 650 quilômetros na conflituosa região do Baluchistão, dividida entre os dois países e com atividade de independentistas.Segundo uma fonte do Ministério de Relações Exteriores paquistanês, o acordo foi fechado durante uma recente reunião entre o ministro de Comunicação do Paquistão, Mohammad Shamim Siddiqui, e o ministro de Transporte do Irã, Mohammad Rahmati.Os dois países também negociam a construção de um gasoduto entre o Irã e a Índia, passando por território paquistanês. O projeto enfrenta a aberta oposição dos Estados Unidos.O Irã foi o primeiro Estado do mundo a reconhecer o Paquistão. Os dois países mantêm boas relações e uma posição comum contra o Exército de Libertação do Baluchistão, uma organização separatista que comete freqüentes atentados na região.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.