Após 17 horas, Alemanha resgata presos em teleférico

Helicópteros do serviço de emergência resgataram na manhã de hoje 20 pessoas que ficaram presas por 17 horas durante a noite em um teleférico perto do castelo mais famoso da Alemanha. Foram resgatados o operador da gôndola e os 19 turistas que ficaram presos a 100 metros do chão na montanha de Tegelberg, no sul do país, informou Roland Ampenberger, porta-voz do serviço de emergência.

AE, Agência Estado

13 de agosto de 2011 | 18h57

Segundo a polícia, o teleférico que sobe a montanha foi paralisado ontem pela queda de um paraglider sobre os cabos elétricos. Ventos fortes impediram um resgate seguro, que só pôde ser feito hoje. Um especialista em resgate em montanhas desceu de um helicóptero até a gôndola para levar comida e roupas para as vítimas do acidente, que tinham entre quatro e 75 anos.

Segundo Ampenberger, as pessoas, presas em um espaço de 12 metros quadrados estavam "tensas, mas permaneceram calmas", graças a uma ligação permanente por rádio com a equipe de resgate.

As duas pessoas que ocupavam o paraglider, o piloto de 54 anos e um passageiro de 35 anos, foram resgatadas de helicóptero ontem mesmo e sofreram apenas ferimentos leves. A polícia vai investigar o acidente. As informações são da Associated Press.

Tudo o que sabemos sobre:
resgateteleféricoAlemanhamontanha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.