Após 18 dias internado, Mandela deixa hospital

O ex-presidente da África do Sul e ícone antiapartheid, Nelson Mandela, deixou ontem o hospital em Pretória onde estava internado desde o dia 8 em razão de uma infecção pulmonar. Aos 94 anos, ele foi submetido a uma cirurgia para retirada de pedras na vesícula. Segundo o porta-voz da presidência, Mac Maharaj, Mandela continuará sob cuidados médicos em sua casa, em Johannesburgo.

O Estado de S.Paulo

27 de dezembro de 2012 | 02h03

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.