Após 2 semanas, Honduras suspende toque de recolher

As autoridades de Honduras suspenderam hoje o toque de recolher em vigor no país desde o golpe que depôs o presidente Manuel Zelaya, há duas semanas. O governo interino disse que os hondurenhos em todo o país poderão sair à note a partir de hoje. "Por ter alcançado os objetivos desta regra, o governo anuncia que a partir deste domingo, 12 de julho, o toque de recolher está suspenso por todo o país", disse o governo interino em um comunicado lido pelas redes de tevê e rádio.

AE-AP, Agencia Estado

12 de julho de 2009 | 16h13

A administração interina de Roberto Micheletti - nomeado presidente pelo Congresso depois que soldados escoltaram Zelaya para fora do país em 28 de junho - justificava o toque de recolher como forma de reprimir a violência dos apoiadores do presidente deposto. O toque de recolher ordenava que os hondurenhos ficassem em suas casas das 23h às 4h30, todas as noites. Com informações da Dow Jones.

Tudo o que sabemos sobre:
Hondurasgolpetoque de recolher

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.