Após 21 anos, Suu Kyi discursará pelo Nobel da Paz

Vinte e um anos após ter ganhado o Nobel da Paz, a líder da oposição em Mianmar, Aung San Suu Kyi, vai ter a chance de fazer seu discurso de aceitação do prêmio. A porta-voz do Instituto Nobel da Paz, Sigrid Langebrekke, disse que Suu Kyi discursará no dia 16 de junho no City Hall, em Oslo, durante uma visita de três dias à Noruega.

AE, Agência Estado

21 Maio 2012 | 11h11

Após tornar-se líder do movimento pró-democracia em Mianmar, Suu Kyi foi mantida em prisão domiciliar por 15 dos 22 anos em que o regime militar governou o país. O confinamento a impediu de participar da cerimônia de entregue do prêmio em 1991.

O governo da Noruega informou nesta segunda-feira que Suu Kyi vai se encontrar com o primeiro-ministro do país, Jens Stoltenberg, durante a visita, de 15 a 18 de junho. Ela também deve passar pelo Reino Unido durante sua viagem à Europa. As informações são da Associated Press.

Mais conteúdo sobre:
Mianmar Suu Kyi Nobel da Paz discurso

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.