Abir Abdullah/Efe
Abir Abdullah/Efe

Após 3 semanas, busca por corpos é encerrada em Bangladesh

Número de mortos no pior desastre da indústria de confecções do mundo foi estabelecido em 1.127

Agência Estado

13 de maio de 2013 | 10h37

SAVAR, BANGLADESH - Cerca de três semanas após o edifício Rana Plaza ter desabado em Bangladesh, as buscas pelos corpos foram encerradas nesta segunda-feira, 13, no local do pior desastre da indústria de confecções de todo o mundo. O número de mortos foi oficialmente estabelecido em 1.127.

Mohammed Amir Hossain Mazumder, vice-diretor do serviço de bombeiros e da defesa civil, disse à Associated Press que as buscas por corpos do desabamento de 24 de abril foram encerradas às 18h (horário local). "Agora, o local será entregue à proteção da polícia. Não haverá mais atividades dos bombeiros ou do Exército."

Escavadeiras e outros veículos foram retirados do local, que será isolado, e bandeiras vermelhas foram erguidas ao redor da área para impedir a entrada de pessoas.

O último corpo foi encontrado na noite de domingo. Um serviço especial será realizado na terça-feira em homenagem aos mortos, disse o brigadeiro general do Exército Mohammad Siddiqul Alam Shikder. / AP

Tudo o que sabemos sobre:
Bangladeshdesabamento

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.