Após alerta do ETA, cinco explosões em Madri; nenhum ferido

Cinco pequenas bombas explodiram em postos de gasolina de Madri, depois de um alerta telefônico feito pelo grupo separatista basco ETA. O Ministério do Interior informa que não há feridos ou vítimas e que os estabelecimentos sofreram pequenos danos. Funcionários e clientes foram retirados dos postos antes das explosões. Mais cedo, o jornal basco Gara havia informado ter recebido um telefonema de uma pessoa que dizia falar em nome do ETA, e que declarou haver cinco explosivos em postos de combustível ao longo de importantes estradas que levam a Madri.O ETA é acusado por mais de 800 mortes desde o final dos anos 60. Neste verão, o grupo executou uma série de pequenas explosões em cidades turísticas do norte da Espanha, causando apenas ferimentos leves e danos materiais.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.