Após ataques, clérigo anti-EUA oferece ajuda

IRAQUE

, O Estado de S.Paulo

25 de abril de 2010 | 00h00

O clérigo xiita anti-EUA, Moqtada al-Sadr (foto), ofereceu ontem ajuda ao governo iraquiano para manter a segurança no país depois que múltiplos ataques contra alvos xiitas mataram 56 pessoas na sexta-feira. Segundo autoridades locais, os atentados parecem ser uma resposta de insurgentes sunitas à recente ofensiva do Iraque contra a Al-Qaeda. A oferta de Sadr foi feita em um momento sensível para o Iraque. As eleições de março não produziram um vencedor claro e deixaram um vácuo de poder que está sendo explorado pelos rebeldes.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.