Após atentado frustrado, EUA prendem novo homem em avião para Detroit

Suspeito estava em rota da Northwest Airlines iniciada em Amsterdã, igual à de acusado por atentado frustrado na sexta-feira.

BBC Brasil, BBC

27 de dezembro de 2009 | 18h03

A rede de TV CNN afirma que autoridades americanas prenderam neste domingo um passageiro nigeriano que estava em um vôo da Amsterdã-Detroit da Northwest Airlines - a mesma rota na qual, na sexta-feira, um homem teria tentado detonar uma bomba.

Segundo a CNN, o piloto solicitou o pouso de emergência quando percebeu o comportamento irregular de um dos passageiros, que tentava se trancar no banheiro.

A aeronave pousou com segurança e foi levada para um "local seguro" em Detroit.

Embora frustrada, a suposta tentativa de explodir o avião na sexta-feira levou a uma intensificação das medidas de segurança nos aeroportos.

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, determinou que seja feita uma revisão das medidas de segurança aérea no país, incluindo um sistema de listas de suspeitos usado pelas autoridades americanas para categorizar indivíduos progressivamente segundo o que elas acreditam ser seu potencial de perigo.

Foi revelado neste fim-de-semana que o suspeito, o nigeriano de 23 anos Umar Farouk Abdulmutallab, já estava em uma lista de pessoas a serem "observadas" por alerta de seu próprio pai, um proeminente banqueiro nigeriano.

Ele embarcou no vôo com um artefato produzido com um poderoso explosivo, o tetranitrato de pentaeritritol - ou simplesmente PETN -, com o qual um homem tentou explodir um voo transatlântico em 2001.

A secretária de Segurança Nacional, Janet Napolitano, disse que não existem indícios relacionando Abdulmutallab a qualquer plano terrorista "mais amplo".BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.