Após cirurgia, TV cubana mostra Hugo Chávez disposto

Em vídeo, presidente aparece com Fidel Castro; Chávez felicitou José Graziano por assumir a FAO

AE,

29 de junho de 2011 | 01h41

No vídeo, Chávez aparece ao lado de Fidel folheando edição do jornal 'Granma'

 

CARACAS - Após 18 dias sem aparecer em público, o presidente da Venezuela, Hugo Chávez, apareceu na terça-feira, 28, acompanhado do ex-líder cubano Fidel Castro, em vídeo transmitido pela TV estatal venezuelana. Chávez está em recuperação em Havana desde 10 de junho, após ser submetido a uma cirurgia de emergência para remoção de um abscesso pélvico, segundo informou o governo.

 

Veja também:

Análise: Ausência de Chávez deixa situação e oposição sem rumo

 

No vídeo, Chávez - mais magro e visivelmente bem disposto - aparece conversando com Fidel, de pé, em um jardim. Em outro local, ele e Fidel aparecem sentados, conversando, acompanhados da filha mais velha do líder venezuelano. Em algumas imagens, os políticos são vistos com a edição de terça-feira do jornal cubano Granma nas mãos.

 

"Essas imagens são de hoje (terça). O presidente está se recuperando bem, está ativo", afirmou o ministro de Comunicação da Venezuela, Andres Izarra.

 

A divulgação do vídeo ocorre em meio a uma crescente onda de rumores sobre o estado de saúde de Chávez. Desde a operação, o único detalhe sobre a cirurgia foi dado dias depois, pelo próprio Chávez, de 56 anos, quando afirmou por telefone ao canal estatal de TV que se recuperava bem.

 

A oposição, a imprensa local e alguns jornais internacionais, baseados em fontes anônimas, afirmam que Chávez poderia ter um câncer na próstata, razão pela qual continuaria sendo tratado em Havana.

 

Também na terça-feira, o presidente venezuelano, em comunicado, felicitou o "irmão brasileiro", José Graziano da Silva, por ser "o primeiro latino-americano da história a ser eleito o novo diretor-geral da ONU para a Agricultura e a Alimentação (FAO)".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.