Após corte de verba americana, Unesco suspende atividades

A Unesco, agência da ONU para promoção da educação e cultura, decidiu ontem suspender todos seus novos projetos por falta de recursos. A medida é uma reação ao corte da verba americana à organização - ao todo, US$ 65 milhões. Washington fechou a torneira depois que a Unesco reconheceu a Palestina como Estado-membro, na semana passada.

O Estado de S.Paulo

11 de novembro de 2011 | 03h06

O anúncio do corte orçamentário foi feito pela diretora-geral da entidade, a ucraniana Irina Bokova. "Vamos ter de tomar medidas radicais e teremos de tomá-las agora", disse Irina na Conferência-Geral da Unesco, em Paris. A contribuição de Washington equivalia a 22% do orçamento da organização. Com a decisão dos EUA - acompanhados de Israel e Canadá -, a Unesco deverá ter em 2012 um rombo de US$ 143 milhões, estimou Irina.

Hoje o Conselho de Segurança da ONU debaterá o pedido de adesão plena às Nações Unidas, feito pelo presidente Mahmoud Abbas em setembro. A derrota de Ramallah, porém, é dada como certa. Os EUA anunciarão que vetarão a resolução e os palestinos não conseguiram o apoio necessário de 9 dos 15 integrantes do conselho. / G.C.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.