Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Tenha acesso ilimitado
por R$0,30/dia!
(no plano anual de R$ 99,90)
R$ 0,30/DIA ASSINAR
No plano anual de R$ 99,90

Após escândalos, papa aceita renúncia de bispo irlandês

O papa Bento XVI aceitou a renúncia do bispo irlandês John Magee em razão do escândalo de abusos sexuais na Igreja Católica na Irlanda, anunciou hoje o Vaticano. Magee, de 73 anos, é acusado de lidar de modo errado com as denúncias de abusos contra sacerdotes de sua diocese de Cloyne. Antes de ser designado para a Irlanda, o bispo havia sido secretário dos papas Paulo VI, João Paulo I e João Paulo II.

AE-AP, Agencia Estado

24 de março de 2010 | 09h28

As investigações ordenadas pelo governo irlandês trouxeram a público informações sobre abusos sexuais contra crianças, cometidos por membros da Igreja, e também sobre os esforços para encobrir esses casos. Em carta difundida pelo Vaticano, no sábado, o pontífice pediu perdão por décadas de abusos, mas não anunciou medidas contra os sacerdotes acusados de encobrir o problema.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.