AFP PHOTO / Nicholas Kamm
AFP PHOTO / Nicholas Kamm

Após fim de acordo nuclear, Irã está 'caindo aos pedaços', diz Trump

Em entrevista à Fox News, presidente americano disse que país tem 'protestos em todas as cidades' e 'inflação disparando'

Nicholas Shores, Broadcast

17 Julho 2018 | 01h38

O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou que o Irã está "caindo aos pedaços". "Eles têm protestos em todas as cidades, a inflação está disparando", comentou o ocupante da Casa Branca em entrevista à Fox News veiculada nesta segunda-feira, 16. "Tudo isso aconteceu desde que eu terminei aquele acordo", acrescentou, aludindo ao pacto nuclear internacional que restringe a capacidade do país persa de enriquecer urânio em troca da suspensão de sanções econômicas.

+ Diante de Putin, Trump nega ação da Rússia em sua eleição e critica FBI

No início do dia, Trump teve uma reunião com o presidente da Rússia, Vladimir Putin, em Helsinque, Finlândia. Discorrendo sobre o encontro, o americano opinou que Moscou preferiria manter o acordo nuclear com o Irã intacto porque é "bom" para quem "faz negócios" com Teerã. "Mas não é bom para este país (os EUA) e, em última instância, não é bom para o mundo", completou.

Segundo o ocupante da Casa Branca, as discussões com Putin englobaram "muitas, muitas coisas". "Incluindo nuclear, incluindo guerra e paz, incluindo economia, Síria, Ucrânia", listou. "Ao fim dessa reunião, acho que chegamos a muitas boas conclusões."

+ Trump culpa 'estupidez americana' por péssima relação com a Rússia; Moscou concorda

Ainda de acordo com o relato de Trump, Putin "disse que quer ser muito prestativo com (as tratativas pelo desmonte do programa nuclear da) Coreia do Norte". "Estamos indo muito bem com a Rússia. Estávamos indo horrivelmente antes de hoje. Acho que tínhamos potencial para um problema", concluiu o americano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.