Após guerra, Sri Lanka anuncia eleições no norte do país

O Sri Lanka anunciou hoje que realizará eleições em duas importantes cidades no norte do país, Jaffna e Vavuniya. A decisão foi noticiada pelo ministro do governo local Janaka Bandara Tennakoon uma semana depois das forças do governo derrotarem o Exército de Libertação dos Tigres do Tamil Eelam (LTTE), que controlou na prática um território na região durante anos. De acordo com o governo, as eleições na área serão realizadas o mais rápido possível.

AE-AP, Agencia Estado

25 de maio de 2009 | 10h36

As duas cidades ficam muito próximas da área antes controlada pelos rebeldes, no norte do Sri Lanka. Jaffna é considerada o centro cultural da minoria tâmil. Tennakoon disse que as eleições serão a primeira na área desde 1998. Segundo ele, será "o primeiro passo rumo à garantia dos direitos democráticos das pessoas no norte". A comissão eleitoral em breve anunciará a data da votação.

Na semana passada, o governo informou a morte do líder rebelde Velupillai Prabhakaran e o fim da luta do LTTE. O próprio grupo reconheceu a derrota. O LTTE lutou por 26 anos por um território independente para os tâmeis, marginalizados pela maioria cingalesa do país.

O presidente Mahinda Rajapaksa afirma que agora pretende negociar um compromisso político com os tâmeis. Com as recentes vitórias, Rajapaksa viu sua coalizão ganhar popularidade. A Aliança Unida pela Liberdade do Povo obteve uma vitória folgada nas últimas eleições provinciais.

Tudo o que sabemos sobre:
Sri Lankaguerrarebeldeseleições

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.