Após pane em sistema, vôos voltam ao normal nos EUA

A maioria dos vôos voltou a operar normalmente nos Estados Unidos hoje, após a falha de ontem em um software que causou atrasos em centenas de pousos e decolagens, segundo informaram funcionários do setor. A região nordeste foi a mais afetada por uma pequena falha em Hampton, na Geórgia. O problema ocorreu no escritório que organiza os vôos da parte leste dos Estados Unidos.O problema trouxe mais críticas à Administração Federal de Aviação (FAA, na sigla em inglês). O órgão tem sido alvo de censuras por seus padrões de inspeção, entre outros problemas. O senador John McCain, candidato republicano à presidência, afirmou que o problema "mais uma vez demonstra a necessidade de reformas e reparos em um sistema falido". Seu rival na disputa, o democrata Barack Obama disse que "os passageiros estão doentes e cansados dos atrasos e cancelamentos".De acordo com a FAA, 646 vôos atrasaram por causa da falha. Em um período de 24 horas, o órgão processa mais de 300 mil planos de vôo no país. Uma porta-voz da FAA, Kathleen Bergen, afirmou que o problema da noite de ontem envolveu uma falha em um link de comunicação que transmite informações sobre planos de vôo da Geórgia para Salt Lake City. A FAA informou que trabalharia para evitar novos problemas do tipo.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.