Após quase 5 meses, premiê do Líbano forma governo

Grupo militante xiita Hezbollah e seus aliados têm a maioria em gabinete de 30 membros

AE, Agência Estado

13 de junho de 2011 | 10h12

BEIRUTE - O primeiro-ministro do Líbano, Najib Mikati, anunciou nesta segunda-feira, 13, a formação de um novo gabinete com 30 membros, no qual o poderoso grupo militante xiita Hezbollah e seus aliados têm a maioria.

O bilionário empresário sunita anunciou sua equipe após quase cinco meses de difíceis negociações sobre postos cruciais, como o Ministério do Interior, o da Justiça e o das Telecomunicações. Mikati afirmou que seu gabinete representaria todos os libaneses.

Seu antecessor, Saad Hariri, apoiado pelo Ocidente, foi forçado a renunciar em janeiro, após o Hezbollah e seus aliados retirarem seus ministros do governo de união nacional. As informações são da Dow Jones.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.