EFE/EPA/TURKISH PRESIDENT PRESS OFFICE
EFE/EPA/TURKISH PRESIDENT PRESS OFFICE

Após referendo, Turquia deve prolongar estado de emergência

Referendo realizado no final de semana aprovou fortalecimento dos poderes do presidente

O Estado de S.Paulo

17 Abril 2017 | 07h30

ANCARA - O estado de emergência em vigor há quase nove meses na Turquia deve ser prolongado após o presidente, Tayyip Erdogan, vencer o referendo que propunha o fortalecimento de seus poderes. A informação foi divulgada nesta segunda-feira, 17, pela CNN local e pela NTV.

A decisão de estender o estado de emergência, imposto devido à tentativa de golpe em julho de 2016, deve ser tomada em reunião do Conselho Nacional de Segurança, prevista para esta segunda-feira, 17. 

O principal partido de oposição no país, o Partido Republicano do Povo, pediu ontem a anulação do referendo que aprovou o fortalecimento dos poderes de Erdogan. O líder do partido, Bulent Tezcan, aponta indícios de fraudes nas células de votação. / AFP

 

Mais conteúdo sobre:
ANCARA Turquia CNN

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.