Após semanas de bombardeios, bairro de Homs sofre com destruição

Não se sabe quantas das 100 mil pessoas que viviam em Baba Amr ainda estão no local.

BBC Brasil, BBC

02 de março de 2012 | 16h24

O bairro de Baba Amr, na cidade de Homs, sofreu semanas de cerco e bombardeio.

A cidade é a terceira maior da Síria e é considerada o mais importante centro de oposição ao governo.

Viviam cerca de 100 mil pessoas em Baba Amr antes dos bombardeios, mas não se sabe quantos civis estão atualmente lá.

Além da destruição causada pela ação militar, as condições no bairro parecem estar péssimas. A eletricidade foi cortada e não há combustível ou aquecimento. E neva muito.

Um comboio do Comitê Internacional da Cruz Vermelha iria ao local nesta sexta-feira, mas teve seu acesso negado pelas forças de segurança que controlam o local. BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Tudo o que sabemos sobre:
baba amrhomscruz vermelha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.