Al Drago / The New York Times
Al Drago / The New York Times

Após ser questionada por Trump, menina diz que acredita no Papai Noel

Durante um evento em que o presidente e a primeira-dama atendem ligações de crianças, ele perguntou a Collman Lloyd, de sete anos, se ela ‘ainda acredita’ no personagem

Redação, O Estado de S.Paulo

26 Dezembro 2018 | 14h26

WASHINGTON - O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, desencadeou uma tempestade de críticas nas redes sociais no dia de Natal ao questionar uma menina de sete anos se ela acreditava no Papai Noel. A pequena Collman Lloyd, de Lexington, Carolina do Sul, respondeu dizendo a um jornal local que ainda crê na magia da data. Em um vídeo publicado pela família da garota, ela afirma que acredita na figura e que não tinha entendido o que o presidente queria dizer ao falar sobre o limite de idade para acreditar no personagem. 

Ela e os dois irmãos deixaram biscoitos e leite na madrugada para o Papai Noel e, quando acordaram de manhã, a comida havia sumido e os presentes estavam sob a árvore de Natal.

A gafe foi cometida por Trump durante um evento em que ele e a primeira-dama, Melania Trump, atendem ligações de crianças. A tradição americana é coordenada pelo programa do Comando de Defesa Aeroespacial da América do Norte, conhecido como Norad (na sigla em inglês).

No site noradsanta.org é possível acompanhar os movimentos do “bom velhinho” e a quantidade de presentes entregues. O presidente e a primeira-dama atendem ligações de crianças que querem, justamente, saber onde ele está.

Em um desses telefonemas estava Collman e Trump perguntou se ela "ainda acredita no Papai Noel". O presidente disse ainda que sete anos é uma idade limite para acreditar no personagem. A Casa Branca não comentou o episódio. / REUTERS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.