Após soltar americana, Irã pede que EUA libertem iranianos presos

De acordo com o presidente iraniano, medida seria resposta a libertação de montanhista

estadão.com.br,

17 de setembro de 2010 | 15h57

TEERÃ - O presidente do Irã, Mahmoud Ahmadinejad, disse nesta sexta-feira, 17, que os EUA devem libertar os iranianos presos no país em troca da libertação da montanhista Sarah Shourd, segundo a agência AFP.

 

"Não esperamos nada em troca. Mas naturalmente e moralmente se espera que o governo americano liberte vários iranianos que prendeu na Tailândia, Geórgia e vários outros países", disse Ahmadinejad à TV estatal.

 

Shourd foi libertada na última terça-feira, após ter ficado presa por 14 meses. Ela foi detida em julho de 2009 com outros dois viajantes americanos após cruzar acidentalmente a fronteira do Iraque com o Irã.

As autoridades iranianas acusaram os três americanos de espionagem. Dois dos montanhistas ainda estão sob custódia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.