Após terremoto, Sichuan se prepara para tempestades

Fortes chuvas podem causar mais deslizamentos na província, epicentro do tremor chinês

Agência Estado e Associated Press,

19 de junho de 2008 | 16h33

Regiões da província de Sichuan, epicentro do terremoto que atingiu a China em maio, se preparavam nesta quinta-feira, 19, para fortes tempestades, que podem causar novos deslizamentos de terra. A chuva começou a cair à tarde e a previsão é de temporais entre sexta e o domingo, segundo o escritório meteorológico local.   Veja também: Sobe para 63 o número de mortos por enchentes na China   Neste mês começa a temporada anual de chuvas na região, que rotineiramente provoca enchentes em rios. Os deslizamentos de terra preocupam ainda mais por causa do terremoto do dia 12 de maio, que matou quase 70 mil pessoas e deixou 5 milhões desabrigadas. Além disso, vários locais sofreram deslizamentos e lagos instáveis se formaram em rios.   Desde domingo, autoridades retiraram 110 mil pessoas de distritos montanhosos perto do epicentro do terremoto, segundo a agência de notícias Nova China. Chuvas torrenciais já atingiram o sul da China na semana passada, deixando pelo menos 63 mortos e alagando milhões de acres de terras da agricultura, causando bilhões em prejuízos   O Departamento de Estado dos EUA informou que a secretária de Estado, Condoleezza Rice, visitará a zona devastada pelo terremoto na China ainda este mês. Segundo o porta-voz Tom Casey, Condoleezza quer ver a situação e levar o apoio de seu país à área atingida.

Tudo o que sabemos sobre:
Chinaterremotoenchentes

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.