Após tumulto, 6 órfãos haitianos são entregues aos EUA

O Haiti entregou a autoridades norte-americanas seis órfãos que a polícia havia detido no final de semana, quando eles estavam prestes a embarcar em um avião para os Estados Unidos, informou hoje Jeanne Bernard Pierre, chefe da agência de serviços sociais do Haiti. Ela não disse quando, exatamente, a entrega ocorreu.

AE-AP, Agencia Estado

23 de fevereiro de 2010 | 20h16

As seis crianças barradas no sábado têm idade entre 1 e 5 anos. Elas saíram do orfanato da entidade Children of The Promise, localizado na cidade de Cap-Haitien, norte do Haiti, e iam para Miami, onde pais adotivos as estavam esperando.

Quando elas saíram dos táxis no terminal do aeroporto acompanhadas pelas quatro mulheres, um grupo de 20 homens haitianos as interpelaram, bloqueando seu caminho, e chamando a polícia, disse a mãe adotiva Sarah Thacker, de Fergus Falls, Minnesota. "Foi o momento mais assustador da minha vida", disse Thacker. "Eles automaticamente começaram a gritar ''vocês não podem levar nossas crianças!''".

As mulheres foram detidas, mas libertadas horas mais tarde após a intervenção de diplomatas norte-americanos. As seis crianças, a maioria abaixo dos 2 anos, foram levadas para um orfanato do governo - uma barraca num campo de refugiados - e dormiram no chão de uma tenda, disse Anderson.

Uma porta-voz da senadora Amy Klobuchar, que interveio em nome das quatro mulheres que escoltavam os órfãos para fora do Haiti, disse que as crianças receberam permissão de todas as agências do governo haitiano para deixar o país. Segundo a porta-voz Erikka Knuti, o grupo deve deixar o país hoje.

A retenção das crianças, apesar de terem toda a papelada legal, aconteceu porque muitos haitianos temem que estrangeiros queiram se aproveitar do caos após o terremoto para retirar crianças ilegalmente no país. A percepção foi alimentada pelo caso envolvendo dez missionários batistas norte-americanos, detidos ao tentarem deixar o país com 33 crianças pelas fronteira com a República Dominicana, sem a documentação necessária.

Tudo o que sabemos sobre:
HaititerremotoórfãosEUAtumulto

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.